Arquivo da tag: Portugal

Quatro roteiros de aventura por Portugal

 

Descubra os lugares menos visitados do país a pé ou de bicicleta

Terra dos vinhos, da boa gastronomia e de muita história, Portugal pode surpreender também por suas incríveis atividades de natureza em meio a paisagens deslumbrantes. Destinos ainda pouco explorados pelos turistas reservam experiências únicas, como caminhar por vulcões inativos, tomar banho em águas termais, avistar baleias, descobrir praias de naturismo, pedalar por vinícolas, conhecer vilas medievais e saborear queijos de cabra locais.

A operadora de turismo sustentável Go Barefoot oferece quatro roteiros para explorar Portugal de forma ativa e recheada de aventuras.

Aventura em Açores – as ilhas vulcânicas do arquipélago de Açores guardam paisagens apaixonantes, formadas por gêiseres, lagos vulcânicos e colinas muito verdes. Mais de 60 trilhas seguras estão espalhadas pelo arquipélago, convidando para caminhadas. Vale à pena caminhar pela freguesia de Sete Cidades, localizada no centro de uma cratera vulcânica, ou pelas vilas de Faial da Terra e Sanguinho; observar baleias cachalote e golfinhos, tomar banho nas quentes águas termais e cachoeiras, visitar vinícolas, experimentar o típico cozido, visitar o Centro de Interpretação do Vulcão Capelinhos e, claro, tirar muitas fotos nos incríveis mirantes que o relevo oferece.

http://gobarefoot.travel/travel/azores-adventures/

Trilhas da Costa Vicentina – praias quase desertas e diversas espécies da flora e da fauna se escondem na faixa litorânea do Algarve e do Alentejo conhecida como a Costa Vicentina. Localizada dentro do Parque Natural do Sudoeste Alentejano, a região guarda uma natureza ainda preservada. O roteiro por lá propõe uma trilha a cada dia, levando você a descobrir novas praias, vilas, recantos pesqueiros e natureza exuberante. As trilhas têm de 6 a 20km e nível intermediário.

http://gobarefoot.travel/travel/walk-vicentina/

Aldeias do Xisto – entre serras majestosas estão as 27 aldeias do Xisto, um dos mais bem guardados segredos de Portugal, que guardam regiões preservadas, iguarias gastronômicas, artesanato típico e um povo acolhedor. Por lá o tempo passa devagar e é possível experimentar o melhor do turismo rural local. Trilhas de nível intermediário e avançado por entre as casinhas de xisto e pelas montanhas permitem que toda a visita seja feita à pé. Durante a aventura é possível saborear delícias da região, como queijo de cabra e pães assados no forno, avistar javalis e veados e tomar um banho de rio.

http://gobarefoot.travel/travel/schist-villages/

Cicloturismo pelo Vale do Douro – conhecer a famosa rota do vinho do Porto de bicicleta pode ser uma aventura inesquecível. O passeio por caves e vilas rurais seculares, emoldurado por paisagens surpreendentes, reveza esporte e descanso. Depois de um longo dia de pedaladas, caminhadas e imperdíveis degustações, charmosos hotéis boutique e spas em vinícolas aguardam para o merecido descanso.

http://gobarefoot.travel/travel/cycle-douro-valley/

Aproveite o outono no Alentejo para praticar esportes

Temperaturas amenas e paisagens espetaculares tornam as atividades ainda mais agradáveis

Alentejo  / Divulgação
Alentejo / Divulgação

O outono chegou ao Velho Continente, amenizando as temperaturas e trazendo inúmeras possibilidades aos turistas. Nesta época, o Alentejo, em Portugal, se enche de novas cores, deixando as paisagens, que já são marcantes e inesquecíveis, ainda mais bonitas.

É um período perfeito para praticar esportes, e a oferta é extensa. Para desfrutar do melhor da natureza, a dica é conhecer os muitos percursos para pedestres da maior região portuguesa. São centenas de quilômetros que se dividem em diversos itinerários diferentes, passando por lugares históricos, pelo litoral ou campo.

Uma das opções é a Rota Vicentina (www.rotavicentina.com), com 110 quilômetros de costa selvagem e cerca de 75 mil hectares de área protegida no sudoeste de Portugal. No total, há 400 quilômetros de paisagens suntuosas, com fauna e flora abundante, além de praias intocadas.

Por esses caminhos, há muitas coisas para fazer. Canoagem, surfe, mergulho e outras atividades náuticas, passeios a cavalo, trekking com burros, mountain biking, escalada, massagens, tratamentos para o bem-estar e passeios temáticos são algumas das opções da Rota Vicentina.

Já no interior, onze percursos pedestres foram mapeados na área do Lago Alqueva e do Rio Guadiana, passando pelos principais pontos de interesse desse cenário ribeirinho. O Guia TransAlentejo, que pode ser  consultado através do site oficial do turismo da região (visitalentejo.pt/transalentejo), mostra todos esses caminhos devidamente estudados, mapeados e sinalizados para facilitar o trajeto.

Se caminhar não é bem a sua praia, também há muitos caminhos a desbravar sobre duas rotas. Os passeios de bicicleta estão cada vez mais populares e há várias empresas que unem grupos para fazê-los, passando pelos lugares mais icônicos do Alentejo e fazendo atividades inesquecíveis, como piqueniques gourmets. Algumas das companhias que oferecem esse serviço são a Live Love Ride (liveloveride.pt), a Bike Tour Portugal – Luxury on Two Wheels (biketoursportugal.com), a Turaventur (turaventur.com) e a Longaventura (longaventura.pt).

Para quem prefere esportes mais tranquilos, o Alentejo tem diversos campos de golfe espalhados por seu território. Em Troia, por exemplo, o Troia Resort tem um campo com vistas para o mar de 18 buracos e com 6.317 metros de comprimento, que termina no encontro com a praia.

O outono também é a estação das vindimas e da pisa de uva, de participar das colheitas das frutas nativas e conhecer o processo de produção de novos vinhos e azeites. Neste caso, hospedar-se em uma das Herdades, as antigas casas senhoriais da região, é a pedida para desfrutar do verdadeiro turismo rural, onde o tempo e o prazer de viver se mesclam proporcionando momentos de plena harmonia.

Banner Formula 1_728x90

Cultura, religião e enogastronomia são destaques do Centro de Portugal

Mercado brasileiro vem crescendo na região / Divulgação
Mercado brasileiro vem crescendo na região / Divulgação

O charme do Centro de Portugal conquista cada vez mais brasileiros. Com rico patrimônio cultural, enogastronomia de qualidade e um dos mais espetaculares Santuários Católicos que existem, a região encanta turistas de todo o mundo.

O Brasil é o terceiro maior mercado estrangeiro em número de pernoites do Centro de Portugal, permanecendo em média 1,6 noite. Os números são encorajadores: esse mercado teve um crescimento de 20% de 2013 para 2014, e de 11% no primeiro semestre de 2015 em relação ao mesmo período do ano passado.

As aldeias históricas, que parecem saídas de contos de fadas, e a Rota do Patrimônio da UNESCO encantam com toda sua cultura e beleza indiscutível. Coimbra, Viseu e Aveiro, a “Veneza Portuguesa”, são cidades que conseguem ser contemporâneas mantendo uma linda tradição. Os surfistas se aventuram nas ondas gigantes de Nazaré, nas perfeitas tubulares de Peniche e também em Figueira da Foz. Além disso, a Rota dos Glaciares percorre paisagens primorosas na Serra da Estrela, cadeia montanhosa com as maiores altitudes de Portugal.

Mas essas não são as únicas atrações da região. O turismo religioso ganha espaço em Fátima, um verdadeiro oásis de tranquilidade que reúne pessoas de diversas crenças para recolhimento e momentos de paz interior. A enogastronomia não fica atrás: sabores do mar, doces de ovos espetaculares e vinhos aveludados estão entre as opções imperdíveis dos restaurantes locais.

Esses e outros motivos atraem os turistas brasileiros, que, segundo a Agência Regional de Promoção Turística (ARPT) do Centro de Portugal, são formados e informados, muitas vezes à procura de suas raízes. Além disso, eles costumam viajar em pequenos grupos ou sozinhos.

“Com uma oferta turística extremamente rica e diversificada, o Centro de Portugal mostra perfeitamente o passado de mãos dadas com o futuro”, comenta o Vice-Presidente da ARPT Centro de Portugal, Jorge Almeida. “Queremos ganhar notoriedade junto ao público brasileiro e também entre as operadoras e agentes de viagem, a fim de aumentar a visibilidade de uma terra única”, finaliza.

 

Banner Formula 1_728x90

Emirates anuncia segundo voo diário para Lisboa

A partir de 1º de janeiro de 2016, capital portuguesa ganhará mais uma frequência a partir de Dubai

Lisboa receberá segundo voo diário da Emirates em 1º de janeiro de 2016
Lisboa receberá segundo voo diário da Emirates em 1º de janeiro de 2016

Em resposta à grande demanda, a Emirates confirmou que começará a operar um segundo voo diário para Lisboa, em Portugal, a partir de 1º de janeiro de 2016.

Com o objetivo de maximizar a onda de novas conexões globais para a capital portuguesa, o segundo voo diário oferecerá aos viajantes uma opção extra de Dubai para Lisboa no período da tarde, além de ajudar a ligar a cidade à África do Sul, Extremo Oriente e Austrália .

Desde que lançou voos para Lisboa, em julho de 2012, a Emirates registrou um aumento significativo na demanda de passageiros, com um crescimento médio de 15% por ano na capacidade. Alinhada com o atual voo diário, a segunda frequencia, operada com uma aeronave de fuselagem larga, oferecerá aos passageiros os mais altos padrões de conforto, com suítes luxuosas privativas na primeira classe, camas reclináveis na classe executiva e assentos espaçosos na classe econômica.

“Nos últimos três anos, nossos voos para Lisboa têm crescido cada vez mais, tanto em relação a passageiros quanto a cargas. Claramente há a necessidade de um novo voo diário para atender à demanda”, destaca Hubert Frach, vice-presidente sênior de Operações Comerciais para a Divisão Oeste da Emirates.

“A frequência adicional proporcionará a clientes da África, Extremo Oriente, Oriente Médio e Oeste Asiático um acesso ainda mais facilitado a Lisboa, dando suporte ao crescente tráfego de negócios e lazer entre estes mercados e Portugal”, acrescentou. O diferencial, segundo Frach, é a experiência no ar, com serviços como o ice, sistema de entretenimento premiado da Emirates, com mais de 2 mil canais, os serviços e o conforto, sem contar com a cozinha gourmet.

Sendo um dos países mais receptivos da Europa, com acesso a mais de 800 quilômetros da costa do Atlântico, castelos medievais e vilas cênicas, Portugal continua a crescer fortemente no setor turístico. O número de visitantes vindos do Extremo Oriente continua a aumentar, com a China, Japão e Coreia sendo vistos pelo órgão oficial de turismo do país, o Visit Portugal, como um dos mercados-chave para este crescimento.

“Continuamos a trabalhar minuciosamente com o Visit Portugal para garantir a aproximação coordenada e contínua da ampliação do número de turistas em Portugal. Devido à nossa ampla rede global e conexão direta de Dubai, estamos confiantes de que este segundo voo diário ajudará a aumentar ainda mais o número de visitantes de Portugal”, adicionou Frach.

O crescimento de serviços da Emirates para Lisboa complementa o recente anúncio da companhia aérea como patrocinadora da camisa do time de futebol Benfica até o fim da temporada de 2017/18, fortalecendo o comprometimento da empresa com Portugal.

O novo voo, operado por um Boeing 777-300ER, oferecerá 8 suítes de primeira classe, 42 assentos reclináveis na classe executiva e 310 assentos na classe econômica. O EK 193 sai de Dubai às 14h40 e chega em Lisboa às 19h20. O voo de retorno EK194 decola de Lisboa às 21h e chega em Dubai às 8h45 do dia seguinte.

Banner Web Checkin 2015_728x90

Opções por terra, ar e mar agitam o verão no Alentejo

Região mais genuína de Portugal tem praias belíssimas e atividades para todos os gostos

Portugal

Não é à toa que as férias de verão são as maiores do ano: é a estação mais gostosa! E, se você tem sorte, pode fugir do inverno brasileiro e curtir os dias ensolarados do hemisfério norte, entre junho e setembro. Nessa época, a região do Alentejo, em Portugal, tem atrações que irão encantar a todos os públicos, das famílias ou casais aos grupos de amigos.

Ao pensar em verão, é claro, já vemos o sol brilhando sobre o mar e ondas quebrando na areia fina sob os nossos pés. O litoral do Alentejo tem inúmeras praias lindas de dois tipos diferentes: ao norte de Sines são 47 quilômetros de areal ininterrupto, onde banhos de mar e sol e caminhadas sem destino pela areia são irresistíveis. Ao sul, as praias se tornam mais calmas e secretas, delimitadas por falésias e rochas. Aí, as marés determinam as atividades, que vão do mergulho à pesca em águas límpidas. Nos 165 quilômetros de costa, restaurantes e bares juntos às praias servem pratos deliciosos feitos de peixes recém-pescados.

No Estuário do Sado, é possível participar do fascinante espetáculo que é a observação de golfinhos. Já na Península de Tróia, as praias são muito procuradas pelos praticantes de windsurfe. Daí ao Cabo de Sines, as águas esperam os surfistas e praticantes de bodyboarding. O Alentejo conta até com uma praia naturista para os visitantes mais ousados: a Praia dos Alteirinhos.

Fora do litoral, lagos como Montargil, Maranhão, Caia, Odivelas, Vale de Gaio, Santa Clara-a-Velha ou o Alqueva, maior lago artificial da Europa, são ideais para a prática de modalidades como a vela, canoagem, remo, natação, esqui aquático, windsurfe, jet-ski, caiaque, pesca ou simplesmente para desfrutar de um dia num barco.

Ao ar livre, pode-se fazer caminhadas por algum dos vários parques, andar de bicicleta ou a cavalo e fazer passeios únicos como voar de balão ou parapente ou até saltar de paraquedas. Em parques naturais junto aos rios ou na planície, há muitos áreas para acampar e desfrutar da rica natureza local.

As noites de verão alentejanas, claras e frescas, contam com bares de praia, festivais de música, festas tradicionais, raves em castelos medievais e muitas outras opções. Quem gosta de dançar até altas horas não se decepciona!

Com os pés na terra, curtindo a água ou voando pelos ares, cada um gosta de passar o verão do seu jeito – seja descansando em um spa, tomando sol numa espreguiçadeira, experimentando atividades novas ou praticando esportes. No Alentejo, é possível curtir as temperaturas agradáveis de muitas formas diferentes, mas uma coisa é certa: todas serão inesquecíveis.

 

Sobre o Alentejo

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de três títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. Para mais informações, visite www.turismodoalentejo.com.br.

Banner Web Checkin 2015_728x90

Três vilas do Alentejo estão entre as mais bonitas de Portugal

unnamed

Monsaraz, Marvão e Castelo de Vide figuram em lista feita pelo portal Vortex Mag

Confirmando os encantos do Alentejo, o portal português Vortex Mag elegeu as cinco vilas mais bonitas de Portugal e três delas ficam nessa acolhedora região do país: Monsaraz, Marvão e Castelo de Vide.

Monsaraz é um pequeno povoado próximo à fronteira com a Espanha, cercado de muralhas medievais. Segundo a publicação, a vila “tem como pano de fundo uma vista deslumbrante sobre a paisagem alentejana”. As casas com paredes caiadas de branco e as estreitas ruas de paralelepípedos completam sua beleza fascinante.

A vila de Marvão fica a 800 metros de altitude, no ponto mais alto da Serra de São Mamede. A portal Vortex Mag destaca o ambiente de paz de espírito e tranquilidade, afirmando que “esta histórica vila de ruas sinuosas e casas brancas mostra que o tempo não é tão rápido e veloz como tantas vezes parece”. Como Monsaraz, Marvão também é rodeada por muralhas, construídas nos séculos 13 e 17, e está situada entre Portalegre e Castelo de Vide.

Ruas floridas sobem a Serra de São Mamede, com o Castelo de Vide adornando no topo. A apenas 10 quilômetros de Marvão, Castelo de Vide é “uma das localidades mais românticas da região Alentejana”, tal é o seu encanto e esplendor, segundo a publicação.

Os atrativos do Alentejo vão muito além desses três lindos povoados, com muitos outros lugares a serem explorados e conhecidos, tanto por casais e famílias como por mochileiros, grupos de amigos e aventureiros.

 

Sobre o Alentejo

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de três títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. Para mais informações, visite www.turismodoalentejo.com.br.

Banner Web Checkin 2015_728x90

10 passeios para descobrir o melhor de Évora, em Portugal

Cidade alentejana promete experiências inesquecíveis

 Portugal / Divulgação
Portugal / Divulgação

No coração do Alentejo, a maior região de Portugal, Évora está rodeada de natureza exuberante, com seus campos verdes e dourados, e concentra uma herança arquitetônica esplêndida. Tombada Patrimônio Mundial pela UNESCO, a cidade é uma das mais diversificadas do país, mostrando marcas de diferentes povos, rica cultura e gastronomia variada.

Parada obrigatória para quem busca tempo para ser feliz, confira 10 passeios que você não pode perder em Évora.

1. Passear de charrete junto ao Templo Romano
O Templo Romano, também conhecido como Templo de Diana, revela belas colunas coríntias do século 1. É o cartão de visita da cidade de Évora e localiza-se bem no centro histórico. A pedida é fazer um passeio de charrete passando por esta relíquia.

2. Provar os sabores tradicionais
Nos primeiros quatro meses do ano, Évora se transforma em uma verdadeira festa da gastronomia regional em vários restaurantes, confeitarias e barraquinhas de rua. É a oportunidade ideal para experimentar delícias típicas de Évora, como as sopas, as açordas e também o tradicional e premiado vinho.

3. Surpreender-se na Capela dos Ossos
Monumento que representa a transitoriedade da vida, a capela dos ossos é adornada com os ossos de cinco mil monges que foram retirados dos cemitérios da cidade. Uma atração inusitada e pra lá de interessante! Fica dentro do Convento de São Francisco.

4. Visitar a Sé Catedral e o Convento de São Francisco
Construído por Dom João II e Dom Manuel I nos séculos 15 e 16, o Convento de São Francisco é um valioso destaque da arquitetura gótico-manuelina. Já a imponente catedral, dos séculos 12 e 13, foi o local onde as bandeiras da frota de Vasco da Gama foram benzidas antes da sua viagem em 1497.

5. Comprar artesanato regional
Ao viajar pela região mais genuína de Portugal procure por seus produtos típicos. Lembranças perfeitas de viagem incluem acessórios de cortiça (matéria-prima da região), roupas tradicionais como o capote (espécie de capa), cestos e móveis pintados em tinta de esmalte, como a cadeira com assento de vime.

6. Curtir a Praça do Giraldo
O gracioso centrinho histórico de Évora merece atenção especial. Vale observar todos os detalhes, desde a fabulosa Igreja de Santo Antão, à fonte de mármore, até à iluminação decorada com o brasão da cidade.

7. Viajar ao passado nos Cromeleques de Almendres
Nos arredores da cidade de Évora, as 95 pedras verticais (menires) datadas da Pré-História atestam o rico passado do Alentejo, a única cidade portuguesa membro da rede das cidades europeias mais antigas. O monumento megalítico disposto em círculo foi descoberto apenas em 1964.

8. Caminhar no percurso ambiental do Aqueduto da Água da Prata
O gigante Aqueduto da Água da Prata é uma maravilha arquitetônica do século 16 que continua, até os dias de hoje, a abastecer a cidade de Évora com água. A trilha bem sinalizada junto ao aqueduto permite conhecer a diversidade natural da região.

9. Assistir a uma peça no Teatro Garcia de Resende
A sala de teatro que inspirou Eça de Queirós no seu livro Os Maias data de 1892 e tem um magnífico interior revivalista, com influência do barroco italiano. Ela recebe vários espetáculos que ocorrem na cidade, por isso vale a pena visitar o site da companhia residente, a Cendrev (www.cendrev.com), antes de ir.

10. Encante-se no Palácio de Dom Manuel
Viva um conto de fadas dentro do Jardim Público, onde está o Palácio de Dom Manuel, antigo espaço frequentado pela nobreza portuguesa. É um elegante edifício construído no século 19 e que revela influências mouras, naturalistas, manuelinas e detalhes romanos na sua arquitetura e decoração.

Abreu Online apresenta novos tours na Europa

Abreu Online/ Divulgação
Abreu Online/ Divulgação

Nem todos sabem que a uma pequena distância de Lisboa  estão algumas das vinhas e dos vinhos mais importantes de Portugal. No Ribatejo, uma das regiões mais férteis do país, é onde se descobrem sabores e se aprende como são produzidos os vinhos da forma tradicional. Este é um dos novos serviços que a Abreu Online passa a disponibilizar aos agentes de viagem.

Através deste tour, visita-se a Quinta da Lagoalva em charrete, passeia-se pelas margens do Tejo, saboreia-se a famosa sopa da pedra de Almeirim, descobre-se que ainda hoje se treinam falcões como em tempos antigos para fins de caça, na Falcoaria Real, além das propriedades que marcam a história e a produção do vinho.

Não é só em Portugal que existem novidades, a Abreu Online reforça a sua oferta em diversas cidades europeias. Em Viena, na Áustria, a visita à cidade inclui o Palácio de Schönbrunn, a residência de verão da família Habsburg, bem como outros locais de interesse histórico, como a Ópera Estatal, o Museu de Belas Artes, o Museu de História Natural, a antiga residência de inverno dos Habsburg – Hofburg, o Parlamento e outros.

Já na Grécia, em Atenas, a novidade é um dia em Argolida com visitas ao Canal do Corinto, Micenas e Casa do Agamemnon, Nauplion – a primeira capital da Grécia moderna e o Teatro Epidaurus, classificado Patrimônio Mundial da UNESCO.

Além destas propostas agora também estão disponíveis novos serviços de traslados na França, desde os aeroportos de Nice, Marselha e Toulouse para diversas cidades, assim como dos aeroportos da Itália e Eslovênia para outras cidades destes países.

Para reservar estas e outras ofertas e consultar disponibilidades, basta acessar: www.abreuonline.com.

Banner Web Checkin 2015_728x90

5 programas imperdíveis para descobrir o Alentejo

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Próxima a Lisboa, maior região de Portugal surpreende e seduz os viajantes

Castelos encantados, natureza intocada e um céu cheinho de estrelas cadentes. Assim é o Alentejo, em Portugal, um lugar que proporciona atividades tão especiais e que merece ser o seu próximo destino de viagem. Confira cinco programas imperdíveis para descobrir o que há de melhor na região.


1. Conhecer a história
Passeando pelo Alentejo descobrem-se castelos, monumentos e ruínas impressionantes que contam uma história recheada de encontros com diferentes culturas e civilizações, vestígios romanos e de confrontos com mouros e outros invasores. O Templo Romano, em Évora, é uma ruína com elegantes colunas coríntias que datam do século 1. Deixando as planícies para trás e subindo a Serra de São Mamede até Marvão, o castelo da cidade foi construído em 1299 e é uma verdadeira fortaleza com belíssimas muralhas. Vale uma paradinha em Elvas para ver o impressionante Aqueduto da Amoreira, que possui sete quilômetros de extensão e demorou quase 100 anos para ser construído.


2. Entregar-se aos prazeres de Baco
Eleito pelo jornal USA Today como Melhor Região Vinícola do Mundo para Visitar, o Alentejo reúne inúmeros programas para os amantes dos vinhos. São mais de 250 produtores da bebida, mas o turista não ficará perdido ao criar seu roteiro: a Associação Rota dos Vinhos do Alentejo (vinhosdoalentejo.pt) ajuda a reservar degustações em adegas. A Enoteca e o Museu do Vinho de Redondo valem a visita. Em novembro confira a Festa da Vinha e do Vinho, em Borba, e em dezembro conheça a Vitifrades, em Vila de Frades, na qual é possível provar vários vinhos, incluindo o de talha, produzido com métodos semelhantes aos usados pelos romanos. Eleita Cidade Europeia do Vinho 2015, Reguengos de Monsaraz prepara uma série de eventos ligados à temática.


3. Aproveitar a imersão na natureza
Vários fazendas de grande porte no Alentejo, chamadas de Herdade, abrem suas portas para oferecer verdadeiras imersões na natureza, conhecido como “turismo rural”. São hotéis que vão desde espaços simples a luxuosas propriedades, prometendo gastronomia confeccionada com o que é produzido lá mesmo, já que a fauna e a flora proliferam nos terrenos férteis e nos rios e mares abundam peixes e frutos do mar. Além de passear a pé ou a cavalo passando pelas árvores frutíferas, quem quiser “pôr a mão na massa” pode participar das vindimas, da apanha da azeitona ou alimentar os animais, por exemplo. Algumas Herdades que oferecem atividades de contato direto com a natureza são a Torre de Palma Wine Hotel, a Herdade do Touril e a Herdade das Barradas da Serra.


4. Observar as estrelas
É fácil chegar ao melhor céu do mundo: basta ir até o Alentejo. Por lá, Alqueva foi o primeiro destino do mundo a receber a certificação Starlight Tourism Destination atribuída pela UNESCO e pela Organização Mundial de Turismo, que conferem o título a lugares onde a qualidade de observação de estrelas é especial. Operadoras locais organizam programas que, além de românticos, são pra lá de diferentes, pois é possível aprender astronomia, fazer passeios à noite de barco, canoa ou a cavalo, observar animais noturnos e também curtir um piquenique com petiscos tradicionais servidos à luz do luar.


5. Sair do óbvio
Imagine voar de balão sobre belas planícies douradas, salpicadas de verdes sobreiros. As empresas Publibalão (publibalao.com) e Up Alentejo organizam isso para você. E já que está em Portugal, que tal jantar vestido a rigor em um cenário medieval ou fazer parte de atividades típicas da corte do século 18? Quem oferece é o Fugas Perfeitas (fugasperfeitas.com). Quem quer ver várias bandas internacionais de uma vez só, entre 5 e 8 de agosto deste ano, o festival de música Sudoeste vai levantar poeira bem perto das belas praias de Zambujeira do Mar. Pular de paraquedas, fazer um safari em quadriciclo, aprender ski aquático e observar golfinhos são algumas das experiências incríveis que o viajante pode ter no Alentejo.

Para saber mais, visite www.turismodoalentejo.com.br

 

Sobre o Alentejo

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de três títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros.

 

Banner Carnaval 2015_970x90