Arquivo da tag: Manhattan

The Better – conheça o bairro West Village em Manhattan

Stonewall Inn. Photo: Christopher Postlewaite
Stonewall Inn. Photo: Christopher Postlewaite

A NYC & Company, órgão oficial de promoção de turismo da cidade de Nova York, anunciou West Village, em Manhattan, como o bairro de destaque do mês no NYCGO Insider Guides. Ruas arejadas, arborizadas e de paralelepípedos, cercadas de prédios de tijolos vermelhos, lojas descoladas e restaurantes aconchegantes, são a marca deste bairro intimista abaixo da 14th Street.

Local de nascimento do movimento moderno de diretos LGBTs e lar da casa mais estreita de Nova York, o West Village transborda uma fascinante história. Para uma experiência de viagem mais intimista, faça uma visita no inverno, quando você pode desvendar o lado mais calmo deste bairro animado.

Com o objetivo de coincidir com a promoção do West Village, a NYC & Company está lançando um novo documentário para mostrar as atrações do bairro, principalmente sua rica história LGBT. Mais detalhes sobre destaques de bairros de Nova York podem ser encontrados em nycgo.com/insiderguides.

“O West Village é um dos bairros mais queridos da cidade. Convidamos os visitantes e locais a descobrir este enclave lindo e autenticamente nova-iorquino neste mês e também nos próximos”, afirma Fred Dixon, presidente e CEO da NYC & Company. “Enquanto local de nascimento do movimento moderno de direitos LGBTs, o West Village tem uma história que turistas de regiões próximas ou distantes certamente deveriam conhecer.”

Confira abaixo algumas dicas em como viver como um local em West Village.

História LGBT
Ponto de partida do movimento de libertação gay, o Stonewall Inn — considerado patrimônio histórico nacional nos Estados Unidos — é uma atração imperdível. O bar gay é localizado no coração de West Village, na Christopher Street, logo na saída da estação de metrô Christopher Street, na linha 1. O local foi alvo de uma batida policial em 28 de junho de 1969, o que suscitou o começo do movimento moderno de direitos homossexuais. Em junho de 2015, o Stonewall recebeu o status oficial de patrimônio pela New York City Landmarks Preservation Commission devido a sua conexão única com a história LGBT. Perto do bar, o Christopher Park inclui esculturas em tamanho real de casais do mesmo sexo, em comemoração à Rebelião de Stonewall de 1969.

Mais ao norte, em uma rua repleta de prédios de tijolos vermelhos, está o The LGBT Center (The LGBT Community Center), que oferece programas de saúde e bem-estar, arte (não perca o mural de Keith Haring), entretenimento, performances e eventos culturais. Um centro de boas-vindas é aberto a locais e visitantes, e o Think Coffee é o café residente.

Caminhada, corrida e bicicleta.
O West Village é o cenário perfeito para caminhar e explorar ruas arejadas e arborizadas – a área entre a Greenwich Avenue e Bleecker Street, da Christopher Street à Bank Street, oferece uma visão particularmente impressionante da beleza única deste bairro icônico.

Entre prédios de tijolos vermelhos, os turistas podem encontrar a casa mais estreita de Nova York, na 75½ Bedford Street, logo abaixo da Commerce Street, assim como o prédio de Friends (90 Bedford St.), que inclui o restaurante Little Owl no térreo. Não se esqueça de parar no The Gardens at St. Luke in the Fields, um parque “escondido” que garante uma experiência serena e reflexiva no meio de um bairro normalmente agitado.

Para quem procura uma corrida ou volta de bicicleta, experimente ir ao Hudson River Park, no lado oeste de West Village, na beira do Hudson River. Em meses mais quentes, o Pier 45 na Christopher Street se torna uma experiência urbana de “praia”, com amplo espaço aberto verde para se esticar embaixo do sol (sem a areia ou o mar). Não deixe de absorver as vistas estonteantes da cidade e sua mistura diversa de bela arquitetura.

Compras
O West Village conta com diversas opções atraentes de compras. Desde as lojas pequenas na Bleecker Street e Christopher Street — James Perse, Cynthia Rowley, Brunello Cucinelli e Rag & Bone, para elencar apenas algumas —, até tesouros escondidos como a única Monocle Shopde Nova York, na Hudson Street, a Three Lives & Company (livros!), na West 10th, e Greenwich Letterpress (para os aficionados por papelarias) e Doodle Doo’s (um salão de cabeleireiro para crianças e loja de brinquedos no mesmo local), na Christopher Street, o bairro é um excelente complemento para a experiência de compras em lojas de departamento mais ao norte de Manhattan.

Restaurantes
Quando você pensa no encontro perfeito em Nova York, não há cenário mais atraente que o West Village. Não faltam experiências gastronômicas deliciosas e memoráveis no bairro, de restaurantes aconchegantes, como o Buvette, a opções mais escondidas, como os retrôs Hudson Clearwater eDecoy (embaixo do RedFarm, um dos pontos favoritos para dim sum), ou ainda estabelecimentos mais populares, como o Morandi, de Keith McNally, ou o Ristorante Rafele (ambos italianos) e oSpotted Pig, de April Bloomfield.

Para um ambiente mais casual e hambúrgueres realmente saborosos, experimente o Westville ou o Corner Bistro. Em breve será inaugurado na Bedford Street o Commerce Sweet Shop, do renomado chef Harold Moore. Os fãs de queijo devem ir ao Murray’s Cheese, na Bleecker Street. Para uma sobremesa deliciosa, não deixe de passar no Big Gay Ice Cream, localizado na esquina da Grove Street com a Seventh Avenue South, e na Magnolia Bakery, onde Carrie Bradshaw já descansou seus famosos saltos em Sex and the City, na Bleecker Street e West 11th Street. Ou ainda para os chocólatras, visite a Li-Lac Chocolates e suas confecções de chocolates caseiros, na Eighth Avenue com a Jane Street. Não deixe de lado os croissants, brioches e quiches de outro mundo de uma das melhores padarias da Cidade de Nova York, Patisserie Claude, na West 4th Street entre as Sixth e Seventh Avenues. Já para excelentes experiências de café, procure The Elk, Joe ou Jack’s Stir Brew.

Entretenimento e vida noturna
Para os fãs de jazz, dirija-se ao intimista Smalls Jazz Club ou o Village Vanguard, conhecido também como o “Carnegie Hall of Jazz”.

Os amantes do teatro Off-Broadway podem se fascinar com as ótimas opções no Lucille Lortel Theatre na Christopher Street, no Cherry Lane Theatre na Commerce Street, (que conta atualmente com a peça Colin Quinn The New York Story, dirigida por Jerry Seinfeld), ou no Bank Street Theater, lar da Labyrinth Theater Company, na Bank Street.

Há muitas opções de bares gays em West Village, incluindo o mais antigo bar gay do bairro,Julius’, ou ainda Pieces (aficionados por karaokê, aqueçam suas vozes!), The Duplex, The Monster, Stonewall Inn (jogue sinuca ou veja um show de drag queens), e o bar de piano Marie’s Crisis (alguém é fã de musicais?). O bar lésbico mais antigo dos Estados Unidos, Henrietta Hudson, está aqui. Ou ainda o The Cubbyhole, mais ao norte.

Para quem procura um local retrô e pequeno, vá ao bar típico da época de Lei Seca nos EUA,Employees Only, escondido sob a placa de leitura psíquica na sua entrada, na Hudson Street.

NYCGO Insider Guides: conheça nossos bairros
A cidade de Nova York é constituída por cinco distritos: Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island. A antiga campanha Bairro a Bairro, agora NYCGO Insider Guides, estreou em março destacando um novo bairro a cada mês. As séries e os conteúdos editoriais levam nova-iorquinos e visitantes para os bastidores de documentários que mostram histórias e personagens dos mais fascinantes bairros de Nova York.

Os vídeos e imagens de West Village estão disponíveis no banco de imagens em nycgo.com/press. Siga @nycgo_press no Twitter para as informações mais recentes de turismo e viagem em Nova York.

NYC & Company convida visitantes a passar fim de ano em Nova York

Aproximadamente 5,2 milhões de visitantes são esperados durante temporada

Este slideshow necessita de JavaScript.

A NYC & Company, órgão oficial de promoção de turismo da cidade de Nova York, convida visitantes a explorar as tradições e festas de fim de ano nos cinco distritos da cidade, já que a temperatura baixa e a neve tornam tudo ainda mais especial. São várias atrações pela cidade como a árvore de Natal do Rockefeller Center, as performances no icônico Apollo Theater e o Train Show do Botanical Garden, no Bronx.

“A cada inverno, Nova York dá as boas-vindas aos visitantes e locais de braços abertos para o espírito natalino”, afirma Fred Dixon, presidente e CEO da NYC & Company. “Com clássicos da época e novidades a cada ano, a cidade tem algo para oferecer para cada pessoa para que esta seja a viagem dos sonhos.”

MANHATTAN

Os visitantes podem ver as famosas Rockettes durante a temporada do Radio City Christmas Spectacular, que vai até 3 de janeiro. A produção conta com inúmeras danças, tecnologias incríveis e momentos inesquecíveis para todas as idades. Acesse radiocitychristmas.com.

O icônico Empire State Building iluminará o skyline da cidade com mais uma série, de 20 a 24 de dezembro. Além das luzes e decoração natalina, músicos tocarão saxofone na quinta, sexta e sábado, no 86º andar do prédio, até 18 de dezembro. Visite esbnyc.com.

O 14th annual Holiday Train Show no Grand Central Terminal está disponível até 21 de fevereiro no New York Transit Museum Gallery Annex and Store. Veja a cidade em miniatura durante o período natalino! Visite grandcentralterminal.com.

Nas temperaturas frias da cidade, as pistas públicas de esqui do Rockefeller Center e do Bryant Park  são ótimas opções para se esquentar. Além das duas pistas, o Wollman Rink no Central Park, e o The Rink no Brookfield já estão abertos.

Os mercados de Natal também já estão abertos e são uma ótima opção para as compras! Visite oUnion Square Holiday Market, o Columbus Circle Holiday Market e o Grand Central Holiday Fair, até 24 de dezembro.

Os visitantes podem passear pelos cenários icônicos dos cinemas por Manhattan em tours especiais do On Location Tours, como o Holiday Lights & Movie Sites. Os tours especiais e de Natal estão disponíveis até 1º de janeiro, com tour adicional aos sábados, às 17h30. Acesse onlocationtours.com.

Free Tours by Foot convida visitantes para o tour New York Holiday Lights Tour para aprender sobre as luzes e decorações de Midtown Manhattan, até 3 de janeiro. Dentre as paradas estão St. Patrick’s Cathedral, Lord and Taylor, Macy’s Herald Square e Rockefeller Center Christmas Tree. Para saber mais, visite freetoursbyfoot.com.

Para quem gosta de fotos e quer aprender sobre os melhores ângulos de Nova York, é possível se inscrever no NYC Photo Safaris Holiday Boot Camp. Os três dias de curso darão noções e dicas para tirar fotos de locais icônicos como Radio City Music Hall, Grand Central Terminal e Times Square. Visite e se inscreva no newyorkcityphotosafari.com.

O New York City Ballet fará apresentações do clássico natalino, O Quebra-Nozes, com suas fadas, soldados e flocos de neve, até 3 de janeiro. Para saber mais e comprar bilhetes, acessenycballet.com.

O Apollo Theater apresenta o The Classical Theatre of Harlem’s The First Noel: A World Premiere Musical até 30 de dezembro. Além deste espetáculo, há outros eventos no local, como o Coca-Cola Winter Wonderland, em 19 de dezembro, e o 9º Kwanzaa Celebration, em 27 de dezembro. Visite apollotheater.org.

A The New York Philharmonic apresenta Holidays with the Philharmonic, em 18 e 19 de dezembro, apresentando o artista-residente Eric Owens e a performance New York City Gay Men’s Chorus. A Filarmônica convida também para celebrar a virada do ano com o concerto La Vie Parisienne, com drinks e petiscos para comemorar o dia 31 de dezembro no teatro. Acessenyphil.org.

Retornando para o Flatiron District este ano, o 4º 23 Days of Flatiron Cheer apresenta tradições populares e performances de grupos locais, na North Public Plaza, até 23 de dezembro. VisiteFlatironDistrict.nyc.

Em 27 de dezembro, o museu contará com o Kwanzaa International Marketplace e atividades para toda a família em seu 37º Annual Kwanzaa Celebration, comemorando os sete princípios de Kwanzaa. Para saber mais, acesse amnh.org.

A The New-York Historical Society Museum & Library convida visitantes para a sua espetacular apresentação de sua renovada coleção. A exibição The Holiday Express: Toys and Trains from the Jerni Collection está disponível até 28 de fevereiro no primeiro andar do museu, transformando o espaço em uma experiência de efeitos visuais. Acesse nyhistory.org.

Os visitantes podem participar de tours diários para ver as melhores e mais lindas vitrines e janelas de lojas e hotéis com a WindowsWear. O walking tour começa na Macy’s da Herald Square e vai até a 5ª Avenida, passando pelo Empire State Building, Bryant Park, Rockefeller Center, Central Park e outros locais. Acesse e se cadastre no windowswear.com.

THE BRONX

O Holiday Train Show, no New York Botanical Garden, é uma atração imperdível para famílias, com as miniaturas de trens que passam por aproximadamente 150 edifícios icônicos da cidade. Visite o local até 18 de janeiro. Para saber mais, acesse nybg.org.

O The Bronx Museum of the Arts receberá seu próprio mercado de Natal em 12 e 13 de dezembro, com mais de 25 artistas locais, padeiros, artesãos e muito mais. Também haverá tours guiados grátis no museu e atividades para toda a família. Acesse bronxmuseum.org.

BROOKLYN

Celebrando seu 10º aniversário, o Christmas Lights Tour, do A Slice of Brooklyn, oferece a oportunidade de ver as famosas luzes de Natal em Dyker Heights. Todos os anos o bairro fica tomado pelas lindas luzes de Natal e a empresa leva os visitantes em tours guiados que vão até 31 dezembro. Acesse asliceofbrooklyn.com.

Para as compras de Natal, o Coney Island Holiday Market está aberto diariamente até o Natal, das 12h às 18h. Visite coneyisland.com.

O Brooklyn Center for the Performing Arts apresentará duas performances, em 12 de dezembro, com  The Vienna Boys Choir interpretando Christmas in Vienna e The Colonial Nutcracker. Acesse brooklyncenter.org.

Celebre as luzes de Natal de um jeito especial este ano, até 13 de dezembro no Brooklyn. Aproveite a música ao vivo na Grand Army Plaza, com as luzes acendendo todos os dias às 18h, exceto quartas e sextas-feiras, às 15h, e sábados, às 19h.

QUEENS

O Louis Armstrong House Museum também terá comemorações durante todo o mês de dezembro, com canções de Natal, como Twas the Night Before Christmas (A Visit from St. Nicholas), na voz do extraordinário Louis Armstrong e outras favoritas da temporada. Para saber mais sobre a casa-museu, acesse louisarmstronghouse.org.

Em sua 22ª temporada, o The New York Hall of Science apresenta Gingerbread Lane, a maior vila de bonecos de gengibre, com mais de mil casas em miniatura. Os visitantes caminham pela Peppermint Central Park, Gum Drop Row e Toffee Boulevard, e podem parar no carrossel de Coney Island, feito de gengibre. Os workshops também estão disponíveis até 9 de janeiro, acesse nysci.org.

Os visitantes podem ainda fazer um tour no Queens County Farm Museum durante a Holiday Open House na Adriance Farmhouse, em Floral Park, de 26 a 28 de dezembro. Lá eles podem se aquecer com uma xícara de cidra enquanto as crianças se divertem. Volte a ser criança e acesse queensfarm.org.

STATEN ISLAND

Os dias festivos de fim de ano continuam com a 12ª Annual St. George Theatre Christmas Show, em 11 e 12 de dezembro. A alguns passos da balsa de Staten Island, a produção conta com mais de 100 atores, orquestra ao vivo e grandes números de arte. Acesse stgeorgetheatre.com.

Em 2 de janeiro, MakeFest convida visitantes a aproveitarem as atividades que os levarão à Era Colonial, no Historic Richmond. Para saber mais sobre o local, acesse historicrichmondtown.org.

O Snug Harbor Cultural Center & Botanical Garden também contará com diversas atividades durante dezembro. O The Staten Island Museum, Noble Maritime Collection, Art Lab e Snug Harbor Studio Artists se juntaram para um dia cheio de festividades. O The New Brighton Holiday Strollsediará a 163ª Jolly Holly Fair e a 16ª Fine Art & Craft Sale, apresentando o artesanato local e itens perfeitos para a decoração de Natal. O Staten Island Museum passou por uma expansão recentemente e estará em promoção até o fim do ano. Acesse snug-harbor.org.

Nova York inaugura nova estação de metrô

34 St-Hudson Yards conecta Queens com Manhattan

34 St-Hudson Yards é a primeira estação do sistema de metrô inaugurada nos últimos 26 anos
34 St-Hudson Yards é a primeira estação do sistema de metrô inaugurada nos últimos 26 anos

O Metropolitan Transportation Authority (MTA) inaugurou no domingo, 13 de setembro, a nova estação de metrô da já existente linha 7. A estação, nomeada 34 St-Hudson Yards, faz da linha 7 a única ao sul da Rua 59 a oferecer serviço para o oeste da Avenida 9, que dá acesso ao Jacob Javits Convention Center, ao High Line e ao recentemente inaugurado Hudson River Park. A estação espera receber mais de 32 mil entradas e saídas de usuários nos dias úteis.

“Esta estação é o centro de um ambicioso plano de tornar o West Side de Manhattan um destino atraente para residentes e visitantes, além de atender às necessidades diárias de milhares de usuários”, afirmou o governador Andrew M. Cuomo. “É um exemplo claro de como Município e Estado podem trabalhar em conjunto para apoiar uma rede de trânsito que impulsiona a economia regional.”

“Este é um grande marco de anos de trabalho”, afirma o prefeito Bill de Blasio. “É algo que expressa a capacidade da cidade de fazer grandes projetos. A extensão da linha 7 servirá como âncora para o crescimento e novas oportunidades em West Side, melhorando o deslocamento de milhares de nova-iorquinos. E, ainda, a nova área pública da estação é uma grande contribuição para a paisagem urbana, por isso estamos muito contentes com as contribuições que muitos nova–iorquinos e organizações fizeram para este projeto.”

Serviço
Durante os dias úteis da semana, os trens passarão pela estação 34 St-Hudson Yards a cada 5 minutos ou menos (em horários de pico haverá trens a cada 2,5 minutos) das 6h até as 23h; a cada 6,5 minutos até a meia-noite; a cada 12 minutos até a 1h; a cada 15 minutos até as 2h e a cada 20 minutos durante a madrugada.
Aos sábados, os trens passam a cada 6 minutos ou menos das 7h às 22h; a cada 9 minutos ou menos até a meia-noite; a cada 12 minutos até a 1h; a cada 15 minutos até as 2h e a cada 20 minutos durante a madrugada.
Aos domingos, os trens passam na nova estação a cada 7,5 minutos ou menos das 8h às 21h; a cada 9 minutos ou menos até as 22h; a cada 10 minutos até as 23h; a cada 12 minutos até a 1h; a cada 15 minutos até as 2h e a cada 20 minutos durante a madrugada.

Os usuários devem lembrar que a estação Times Sq-42 não é mais a parada final da linha 7 e trens locais e expressos chegarão na mesma pista. Os usuários devem, ainda, estar atentos na estação Times Sq-42, pois os trens chegarão de ambos os sentidos.

Mapas espalhados pelo sistema estão sendo atualizados para a inclusão da nova estação, assim como os mapas on-line, de aplicativos, de bolso e os espalhados pela cidade. Aproximadamente 1,25 milhão de mapas foram impressos com um novo design e 250 mil mapas comemorativos estão disponíveis ao longo da linha 7 apresentando a nova estação. .
Banner Formula 1_728x90