Conectividade aérea é o eixo do desenvolvimento turístico do Equador em 2015

Brasil conta com 99 voos semanais para o destino

Um dos líderes mais influentes da América Latina segundo a revista mexicana Más Expos, Eduardo Chaillo manifestou que o Equador está bem conectado em matéria aérea. Novas linhas aéreas e rotas que chegam ao país têm conferido maior capacidade operativa das aeronaves. De acordo com os resultados da gestão que o Ministério do Turismo do Equador (MINTUR) realiza durante o ano, esse novo cenário contribui com o desenvolvimento da atividade turística do país.

Para a ministra do Turismo do Equador, Sandra Naranjo, a conectividade aérea é um dos pilares para a atividade turística do país. Segunda conta, o governo equatoriano, com o objetivo de fortalecer a conectividade interna, investiu, nos últimos oito anos, mais de US$ 300 milhões na construção de quatro novos aeroportos e na renovação de 12 terminais aéreos em escala nacional.
Além disso, destacou que os aeroportos internacionais de Quito e Guayaquil têm recebido importantes reconhecimentos nos últimos anos, colocando o Equador na vanguarda do serviço aéreo, o que lhe rendeu estandartes internacionais de qualidade.
“O trabalho do Ministério é seguir procurando novos sócios a longo prazo, para que sejam nossos aliados estratégicos e, assim, fazer do Equador um destino de classe mundial”, destacou a ministra.
Mercado-chave
O Brasil é um dos principais mercados emissores de turistas para o Equador por via aérea. Em 2014, chegaram ao país 21.784 turistas brasileiros, o que representou um significativo ingresso de divisas para o setor turístico nacional.
Quatro companhias aéreas fazem a rota Brasil-Equador: Tame, com três voos semanais diretos e três voos semanais com conexão em LIMA; Lan-TAM, com 14 voos semanais com conexão em Santiago; Avianca-Taca, com 12 voos semanais com conexão em Bogotá; e Copa com 67 voos semanais com conexão. Pela Copa, os voos partem de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, Manaus e Campinas. Pelas outras companhias, as saídas são de São Paulo.
Junto com as campanhas de promoção internacional, que têm impulsionado o MINTUR nos mercados de interesse, outro elemento chave para que o Equador esteja alcançando estas conquistas é o trabalho coordenado junto às linhas aéreas para promover a abertura das novas rotas.
Banner Formula 1_728x90

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s