Planejamento prévio e novas opções de destinos são algumas das dicas para que os turistas não deixem de viajar.

O dólar alcançou seu valor mais alto desde o início da crise econômica. Nesta última semana a cotação cambial da moeda chegou a ultrapassar o valor de R$4,00 assustando os turistas, que estão cada vez mais inseguros. Será que ainda vale a pena viajar para o exterior? A Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), cujas operadoras associadas representam 90% dos pacotes turísticos comercializados no Brasil, reuniu algumas dicas para que o consumidor consiga concretizar seu plano de viagem sem prejudicar o bolso.

 

“Com um bom planejamento e o auxílio de bons profissionais, o consumidor pode encontrar preços muito competitivos em reais”, explica a presidente da Braztoa, Magda Nassar.

 

– Planejamento

O consumidor deve conversar com seu agente de viagem para planejar melhor a viagem, compreendendo com mais clareza todos os custos (de passagens e hotéis a preços de refeições no destino) e organizando-se para comprar dólares em parcelas, de modo a não ser surpreendido por alguma alta repentina.

 

Novos destinos

Alguns países da América do Sul (Argentina, Uruguai, Chile, Peru, Colômbia e Equador) continuam sendo muito baratos.

O Brasil tem destinos maravilhosos para todos os gostos: cidades que reúnem boas compras e gastronomia, praias que estão entre as mais bonitas do mundo, destinos de ecoturismo e  viagens excelentes para públicos como solteiros, famílias e terceira idade.

Pelo mundo, pode ser uma oportunidade de conhecer destinos menos óbvios, porém muito interessantes, cujos custos do dia a dia são mais baixos. Entre eles, destacam-se países como África do Sul, Croácia, Grécia, Hungria, Indonésia, Romênia e Tailândia, entre outros.

 

– Promoções
O dólar subiu cerca de 40% nos últimos 12 meses, mas com as promoções das companhias aéreas há bilhetes que estão custando menos, em reais, do que custavam ano passado.

Em agosto, a Braztoa promoverá a Turismo Week, que terá uma semana exclusiva de promoções para a região Nordeste (10 a 16 de agosto) e outro período dedicado a descontos para destinos de todo o mundo. (17 a 30 de agosto).

 

Parcelamento
As operadoras de turismo possuem acordos com as operadoras de cartão de crédito que permitem parcelamento em reais em até 10 parcelas sem juros, o que ajuda o consumidor a diluir o custo de viagem.

 

Serviços
Ao fechar seu pacote turístico, o consumidor deve incluir o máximo de serviços no destino. Traslados, passeios, ingressos para espetáculos e atrações turísticas e jantares especiais podem ser incluídos nos roteiros e pagos parcelados, em reais.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s